O e-commerce

A iniciativa de e-commerce foi um grande sucesso na geração de demanda
interna por receita do site de fidelidade da Chevrolet, o que na verdade era
contraintuitivo, pois a fidelidade deveria estar ser embasada com objetivos de
longo prazo em vez de objetivos de curto prazo.
Desde o início, a plataforma de e-commerce foi administrada pelo departamento
de sistemas de informação e serviços (IS&S) da GM América Latina, África e
Oriente Médio (LAAM), localizada em Miami, Flórida. MyChevrolet foi uma
proposta alheia conduzida com coragem e determinação, mas sem nenhum
patrocínio significativo do departamento de tecnologia da informação (TI)
corporativo, que se tornou uma grande barreira. O departamento de TI se opôs
ao projeto por não ser global, e o departamento pretendia executá-lo. A direção
sabia que se a liderança do projeto viesse totalmente da IS&S, os processos
seriam mais lentos com base na metodologia de desenvolvimento de sistemas
do departamento e inúmeras reuniões.
Além disso, se fosse um projeto global, a equipe teria limitações de formato e
recursos. Para aderir aos modelos globais seguidos pelos Estados Unidos e
Canadá, o pessoal da GMB teria que padronizar sua oferta e não empregar
plenamente sua própria criatividade. Um site centralizado não seria capaz de
aproveitar plenamente a cultura e os valores brasileiros. Barigui chevrolet seminovo

Leave a Reply

Your email address will not be published.